Maricá/RJ,

Acordo pode suprir livros em Braille

Uma parceria entre a Abrelivros e a Fundação Dorina Nowill, entidade que há mais de seis décadas se dedica à inclusão social das pessoas com deficiência visual por meio da educação e cultura, prevê aumentar e melhorar o acesso dos deficientes visuais aos livros. O investimento de mais de R$ 1 milhão das editoras associadas à Abrelivros será feito para a capacitação de profissionais e possível adaptação de 500 títulos escolares até o final de 2011. O acordo poderá suprir a carência de centenas de estudantes deficientes visuais que hoje não têm acesso a livros didáticos adaptados em Braille no Ensino Básico. Em entrevista ao site da Abrelivros, Maria Lúcia Kerr Cavalcante de Queiroz, que integra a diretoria da Editora do Brasil e da Abrelivros, explica a origem e objetivos do convênio e aponta os rumos da inclusão de deficientes visuais no mundo da leitura.


Fonte: Publishnews

0 comentários:

Visitantes Recentes

Comentários

Artigos Recentes

  © Template 'Traças do Bem' by Patrícia Custódio

Back to TOP